curvas

Publicações

  • Mulheres na Caatinga: detentoras de saberes e cuidadoras da agrobiodversidade no Sertão do Pajeú

    As mulheres rurais exercem um papel fundamental a nossa sociedade. Seu trabalho produtivo, reprodutivo, do cuidado e do bem estar da família, são atividades essenciais para a sobrevivência e reprodução das famílias do campo. Apesar da importância do seu trabalho, as características intrínsecas da agricultura familiar – a cultura patriarcal, classista e latifundiária, acarretam na invisibilidade e na desvalorização do trabalho produtivo, doméstico e de cuidados das mulheres na ordem familiar. Assim, o presente estudo tem como objetivo apresentar o projeto “Mulheres na Caatinga” enquanto ação da Casa da Mulher do Nordeste (CMN) em parceria com o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Práticas Agroecológicas do Semiárido – NEPPAS/UAST/UFRPE a fim de visibilizar o conhecimento tradicional das mulheres rurais e quilombolas acerca do bioma Caatinga. Desta forma, o estudo se deu em cinco grupos de mulheres localizados nos municípios de Mirandiba, Santa Cruz da Baixa Verde, e Triunfo, no Sertão Pajeú.

    Leia o artigo completo:
    https://issuu.com/cmnordeste/docs/mulheresnacaatinga

    • Mulheres na Caatinga (2015)

      Publicação fruto da experiência do Projeto Mulheres na Caatinga, desenvolvimento pela Casa da Mulher do Nordeste, e vivenciado com mais de 210 mulheres agricultoras experimentadoras em 12 municípios do Sertão do Pajeú. Sintetiza a riqueza do processo de vivências, de saberes e sabores da Caatinga. Mostra como vivem as mulheres na Caatinga, suas estratégias para superar as dificuldades cotidianas e a convivência nos períodos de longas estiagens. Apresentam as práticas agroecológicas nos quintais, seus conhecimentos no manejo sustentável e no cuidado com o bioma. Também apresenta um passo a passo da construção do fogão agroecológico, tecnologia social desenvolvida pela CMN, que contribui para a diminuição do desmatamento da Caatinga e para a economia doméstica, além de provocar a discussão sobre a divisão sexual do trabalho nas famílias.

      Leia a versão online   completa: 
      https://issuu.com/cmnordeste/docs/cartilha_mulheres_na_caatinga_arte


      • Mulher e Trabalho (2013)

        A cartilha Mulher e Trabalho é uma publicação da Casa da Mulher do Nordeste que visa contribuir para processos educativos no âmbito da organização e gestão produtiva, na sua experiência com mulheres residentes em regiões urbanas e rurais. Sua primeira edição foi elaborada em abril de 2005 em parceria com a então Coordenadoria da Mulher da Prefeitura do Recife no contexto do projeto Estratégias de Igualdade de Gênero no Mundo do Trabalho. Essa é uma segunda edição atualizada e ampliada, com a inclusão de novos conteúdos e dados referentes à realidade rural de mulheres artesãs e agricultoras. Apesar da alteração nos textos e na organização dos capítulos, manteve-se o foco principal que é a análise crítica da realidade das mulheres e sua relação com o trabalho, ampliando seus sentidos e conceitos. É uma cartilha útil para fortalecer processos de organização e gestão da produção de mulheres inseridas em contextos de vulnerabilidades social, exclusão e opressão.

        Leia a versão online completa: https://issuu.com/cmnordeste/docs/cartilha_mulher_e_trabalho


        • Boletim Ô de Casa jan 2016 - Casa da Mulher do Nordeste

          O Boletim Ô de Casa traz neste número um assunto importante na vida das mulheres agricultoras: a preservação e a guarda das sementes nativas. Conheça as experiências das mulheres no Sertão de Pernambuco. Boa Leitura!

          Leia o Boletim Ô de Casa: 
          https://issuu.com/cmnordeste/docs/boletim_o__decasa-dez15_2_final

          • Mulher e Trabalho

             Oferecem formação e capacitação na área econômica através de perspectiva feminista e solidária, visando ao fortalecimento da autonomia econômica e política das mulheres.

            • As mulheres na agricultura de base familiar

               Esse caderno serve como instrumento didático e de orientação para a assistência técnica e para as políticas publicas da região, assim como para demonstrar a importância do trabalho produtivo realizados pelas mulheres na agricultura de base familiar. É fundamental que as mulheres percebam que o conjunto de atividades desenvolvidas por elas faz da agricultura de base familiar um trinômio real: produção agrícola, criação de animais e artesanato.

              Qual o lugar do artesanato das mulheres como fonte de renda para essas famílias agricultoras? Por que a atividade artesanal não é reconhecida como um elemento de composição da agricultura familiar? Com o objetivo de responder a essas questões, o diagnóstico foi realizado à luz da percepção das mulheres agricultoras da Região do Pajeú.

              • As mulheres na agricultura de base familiar

                 Os Cadernos feministas de Economia & Política constituem um periódico indexado, semestral e interdisciplinar, de circulação nacional, cuja missão é publicar artigos, análises e textos didáticos que apresentem reflexões consistentes sobre a situação da mulher nos campos da Política e da Economia, proporcionando o alargamento dos debates a partir da perspectiva feminista.

                 
                A publicação contempla a produção periódica de textos da Rede Mulher & Democracia e dos Programas da Casa da Mulher do Nordeste Gênero & Economia e Mulher & Vida Rural. 

                • Mulher e política: lutas e conquistas

                  É um material didático sobre as relações de gênero, evidenciando informações históricas sobre a participação política das mulheres  em Pernambuco. Sua primeira edição, intitulada “Preparando a campanha para vereadoras e prefeitas de Pernambuco”, apoiou as mulheres candidatas na eleição de 2005 a partir do projeto Mulher & Democracia. A reedição foi adaptada a um público mais amplo, adotando o título acima

                                            

curvas

Redes Sociais

FacebookTwitter

Participe